Após morte de onça-pintada, Rio-2016 diz que errou e pede desculpas

Estadão Conteúdo

“Erramos ao permitir que a Tocha Olímpica, símbolo da paz e da união entre povos, fosse exibida ao lado de um animal selvagem acorrentado”, disse o Comitê Organizador dos Jogos

O animal silvestre foi abatido após tentar atacar um militar enquanto tentavam resgatá-lo

O animal silvestre foi abatido após tentar atacar um militar enquanto tentavam resgatá-lo

Foto: REUTERS/Marcio Melo

O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio-2016 usou as redes sociais na tarde desta terça-feira para repercutir a morte de uma onça-pintada que foi utilizada durante a passagem da tocha olímpica por Manaus, na segunda-feira. O animal silvestre foi abatido após fugir, ser abatido por dardos tranquilizadores e tentar atacar uma militar.

Leia + COI confirma a exclusão do atletismo da Rússia dos Jogos Olímpicos no Rio

“Erramos ao permitir que a Tocha Olímpica, símbolo da paz e da união entre povos, fosse exibida ao lado de um animal selvagem acorrentado. Essa cena contraria nossas crenças e valores. Estamos muito tristes com o desfecho que se deu após a passagem da tocha. Garantimos que não veremos mais situações assim nos Jogos Rio-2016″, disse o comitê em uma série de postagens no Twitter.

Leia + ‘Alemã’ Miriam Nagl fica perto de representar o Brasil nos Jogos do Rio

Na segunda-feira, a tocha olímpica visitou o Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS), em Manaus. Em determinado momento do revezamento, os condutores pousaram ao lado de duas onças-pintadas, mascotes da corporação. Ambas estavam acorrentadas.

Após o fim do evento, uma das onças que participou da cerimônia, Juma, fugiu e foi abatida com tiro de pistola. “Uma equipe de militares composta de veterinários especializados no trato com o animal foi ao seu encontro para resgatá-la. O procedimento de captura foi realizado com disparo de tranquilizantes. O animal, mesmo atingido, deslocou-se na direção de um militar que estava no local. Como procedimento de segurança, visando a proteger a integridade física do militar e da equipe de tratadores, foi realizado um tiro de pistola no animal, que veio a falecer”, disse o Comando Militar da Amazônia (CMA), em nota.

FONTE DA NOTÍCIA
Author:

Postado por: estadio

ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRICHA

O site estadionacionaldebrasilia.com.br é um portal independente que traz informações a população sobre o nosso estádio.

Informações sobre esportes em geral e eventos realizados no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Siga-me no Twitter

Facebook

ANUNCIANTE: