Ceilândia empata e confirma vaga nas oitavas da Série D

Neste sábado, no estádio Abadião, em Ceilândia, os donos da casa enfrentaram o Comercial/MS, no jogo da volta da segunda fase da série D do brasileiro. No jogo de ida, em Campo Grande/MS, o Ceilândia venceu por 1×0, gol marcado pelo zagueiro Badhuga.

Como o Ceilândia precisava de um empate, ele aconteceu com o placar de 1×1. O resultado foi o suficiente para a equipe candanga passar para a próxima fase da quarta divisão nacional. O Ceilândia enfrentará o América/RN, que eliminou a Aparecidense/GO após um 0x0 no dia 08 e um 1×0 neste sábado (15).

O JOGO
O Comercial veio ao Distrito Federal com 12 jogadores a menos no elenco. O zagueiro Andrezão e o lateral Mizael estavam suspensos. Outros atletas não quiseram viajar por falta de pagamento de salários. Mesmo assim, o time de Campo Grande/MS endureceu o jogo frente ao Ceilândia.

O time candango teve dez minutos iniciais de total domínio e chances surgiram para abrir o placar. Entretanto, aos 23 minutos, após cobrança de escanteio para o Comercial, a bola vai na medida para Adriano abrir o placar para o time sul-mato-grossense.

Ainda no primeiro tempo, o Ceilândia teve a chance de empatar o jogo. Um pênalti a favor do gato preto e Elivelto acertou a trave do goleiro Guilherme, do Comercial.

No segundo tempo, aos 15 minutos, uma falta a favor do Ceilândia. Numa cobrança de maestria de Filipe Cirne, o Ceilândia empatou o jogo no Abadião, eliminando qualquer possibilidade de disputa de penalidades máximas.

Felipe Cirne bate falta e confirma classificação do Ceilândia para as oitavas de final da Série D - Foto: Fernando Godoy/EB
Felipe Cirne bate falta e confirma classificação do Ceilândia para as oitavas de final da Série D – Foto: Fernando Godoy/EB

O Comercial foi para cima em busca de desempatar o jogo e pressionou o Ceilândia. O time candango acabou levando a partida até o final no 1×1 e comemorou o resultado, garantindo a vaga nas oitavas de final da série D.

“Tivemos oportunidades no primeiro tempo e não convertemos. Levamos o gol e tivemos que correr atrás do resultado. Agora é descansar e aguardar o próximo adversário”, disse o treinador do Ceilândia, Adelson de Almeida.

Já o goleiro Guilherme, do Comercial/MS, comentou a situação no clube: “Tivemos várias dificuldades para chegar a este jogo. Muitos problemas internos. Agora é aguardar o ano que vem”, ressaltou.

CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE D – SEGUNDA FASE – JOGO DE VOLTA
CEILÂNDIA 1-1 COMERCIAL
15.07.2017 – ESTÁDIO ABADIÃO – CEILÂNDIA/DF

Arbitragem: William Machado Steffen (SC)
Público: 722 pagantes
Renda: R$ 2.870,00

Cartões amarelos:
Pedrão, Carlos Henrique (Ceilândia)
Guilherme, Dougão, Douglas, Kanga (Comercial)

CEILÂNDIA
Artur; Dudu Lopes, Badhiuga, Pedrão e Elivelto; Didão (Vitão), Liel, Émerson Martins e Filipe Cirne; Dim (Gordo) e Carlos Henrique (Édson Pacujá)
Técnico: Adelson de Almeida

COMERCIAL/MS
Guilherme; Adriano, Jaime, Dougão e Douglas; Igor (Araújo), Kazado (Roger), Wesley Mutuca e Nathan (Erick); Felipe Pará e Kanga.
Técnico: Valter Ferreira

Fonte: esportesbrasilia
Author: Thiago Amaral

Postado por: estadio

ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRICHA

O site estadionacionaldebrasilia.com.br é um portal independente que traz informações a população sobre o nosso estádio.

Informações sobre esportes em geral e eventos realizados no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Siga-me no Twitter

Facebook

ANUNCIANTE: