Luziânia cede empate no último minuto e vaga será decidida na última rodada

No final da tarde do domingo, em Rondonópolis/MT, o União recebeu o Luziânia em partida válida pela quinta rodada da primeira fase da série D nacional.

Os gols saíram somente no segundo tempo. O Luziânia abriu o placar aos 36 minutos, através de William. O União de Rondonópolis empatou aos 49 minutos.

Com o resultado, o Luziânia é o líder do grupo A11, com 9 pontos ganhos. O União é o vice-líder com 8 pontos ganhos. A Aparecidense é o terceiro, com 6 pontos e joga nesta segunda-feira frente ao Sete de Dourados, podendo assumir a liderança do grupo A11 pelo número de vitórias.

O JOGO
A partida começou bastante disputada. O União foi para o ataque em busca da abertura do placar. Porém, o Luziânia respondeu com duas investidas com chances de abrir o placar aos 12 e 15 minutos, com Robinho e Kaká, respectivamente, mas a zaga do União conseguiu evitar o gol. Aos 16 minutos, a resposta do União veio através de William e a zaga do Luziânia mandou para escanteio.

Aos 22 minutos, uma verdadeira blitz do Luziania em cobranças de faltas. Baiano bateu e o goleiro Ronaldo fez grandes defesas. Na terceira cobrança, após escanteio para o Luziânia e o zagueiro Hiago cabeceou e o goleiro Ronaldo fez um verdadeiro milagre.

O Luziânia continuou pressionando. Aos 32 minutos, mais uma chance com William, que finalizou para fora. Aos 35 minutos, contra-ataque do União com o zagueiro Talysson e o goleiro Léo Rodrigues fez boa defesa. Ainda deu tempo de Café e Nildo tentarem abrir o placar para o time mato-grossense, mas a defesa do Luziânia conseguiu salvar.

No segundo tempo, logo aos dois minutos, Baiano chutou de longe e o goleiro Ronaldo, do União, defendeu com tranquilidade. Em seguida, o atacante Gilvan finalizou pela linha de fundo.

Aos nove minutos, o União voltou a pressionar. Samuel cobrou falta com perigo e o goleiro Léo Rodrigues conseguiu salvar. Sete minutos depois, Rodrigo Barros, do Luziânia, saiu da defesa e lançou Gilvan, que finalizou para fora.

O jogo continuou truncado e indefinido. As duas equipes continuavam arriscando. Aos 29 minutos, uma falta frontal para o Luziânia. Baiano bateu com perigo e o goleiro Ronaldo mandou para escanteio. Em seguida, bola na área do União e Jorginho, livre de marcação, colocou para fora.

De tanto pressionar, o azulino goiano abriu o placar. Aos 35 minutos, em contra-ataque rápido, Gilvan entrou na área do União e o zagueiro Paganelli o derrubou. A arbitragem não titubeou e marcou penalidade máxima. Na cobrança forte de William, a rede balançou e o Luziânia abriu o placar.

O Luziânia foi para cima, para ampliar o resultado e confirmar a classificação. Aos 43 minutos, Baiano finalizou para fora. No minuto seguinte, o lateral Tom foi para o ataque e finalizou, para defesa do goleiro Ronaldo, do União.

Com o apoio da torcida, o União resolveu, nos cinco minutos finais de jogo, tentar arrancar o empate. Aos 47 minutos, Ricardo cobrou escanteio e Maranhão cabeceou para o gol, obrigando Léo a fazer grande defesa.

Contudo, o inesperado aconteceu. Aos 49 minutos, uma falha da defesa do Luziânia e Rodrigo Barros larga a bola para Maranhão, que aproveita e chuta por cobertura, encobrindo o goleiro Léo Rodrigues, empatando o jogo para o União e dando números finais à partida.

“Lutamos em busca da vitória e acabamos cedendo o gol de empate. Agora é decidirmos tudo em casa”, disse Gilvan, atacante do Luziânia.

“O futebol é isso. Enfrentamos um time que precisava vencer. Estavamos com a vitória na mão e eles empataram. O time foi bem. Agora vamos decidir tudo em casa”, disse o comandante do Luziânia, Luis Carlos Souza.

“Estamos vivos e agora vamos buscar a classificação na última rodada. Futebol é assim”, disse Samuel, do União.

Na próxima e última rodada, o Luziânia receberá a Aparecidense/GO no estádio Serra do Lago, em Luziânia/GO. O União/MT enfrentará o Sinop, fora de casa. As duas partidas acontecem no próximo domingo (25), às 18h.

CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE D – 5ª RODADA
UNIÃO 1-1 LUZIÂNIA
18.06.2017 – ESTÁDIO LUTHERO LOPES – RONDONÓPOLIS/MT

ÁRBITRO: Jânio Pires Gonçalves (TO)
PÚBLICO: 1.680 pagantes
RENDA: R$ 27.520,00

CARTÕES AMARELOS:
Robinho, Rafael Mineiro, Tom (Luziânia);
Samuel (União)

CARTÃO VERMELHO:
Paganelli (União)

UNIÃO
Ronaldo; William, Talysson, Paganelli e Lucas Mendonça; Nildo, Maranhão, Vinícius (Biro) e Samuel; Geilson (Ricardo) e Café (Marcelinho)
Técnico: Kiko Araújo

LUZIÂNIA
Léo Rodrigues; Dedê, Hiago, Rodrigo Barros e Tom (Pedrinho); Baiano, Jorginho (Thompson), Kaká (Rafael Mineiro) e Robinho; Gilvan e Willian
Técnico: Luis Carlos Souza

Fonte: esportesbrasilia
Author: Thiago Amaral

Postado por: estadio

ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRICHA

O site estadionacionaldebrasilia.com.br é um portal independente que traz informações a população sobre o nosso estádio.

Informações sobre esportes em geral e eventos realizados no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Siga-me no Twitter

Facebook

ANUNCIANTE: