No Tie-Break, Brasília Vôlei vence a primeira na Superliga Feminina

Na noite deste sábado (21), o reformulado Brasília Vôlei fez a primeira aparição para a torcida brasiliense na edição 2017/18 da Superliga Feminina. Em partida válida pela segunda rodada, as comandadas do Sérgio Negrão não decepcionaram a torcida na volta pra casa e venceu a equipe do SESI São Paulo por três sets a dois, com parciais de 25×15, 25×20, 21×25, 22×25 e 15×11, em 1h55min de partida. A ponteira Isabela Paquiardi foi eleita a melhor da partida e levou o troféu Viva Vôlei.

Isabela Paquiardi foi eleita, pela equipe Esportes Brasília, como a melhor jogadora em quadra. Também levou o Viva Vôlei, na eleição da CBV - Foto: Fernando Godoy/Agência EB
Isabela Paquiardi foi eleita, pela equipe Esportes Brasília, como a melhor jogadora em quadra. Também levou o Viva Vôlei, na eleição da CBV – Foto: Fernando Godoy/Agência EB

O jogo
Jogando diante de um publico pequeno e morno, no primeiro set, as duas equipes começaram trocando pontos até empatarem em quatro pontos. A partir daí, o Brasília Vôlei se aproveitou de dois erros da equipe paulista para abrir 8×4. Administrando a vantagem depois de uma boa passagem de Mari Hellen no saque, o Brasília acabou fazendo 14×7 na parcial. Contando com uma boa sequencia no saque de Malu e um bom sistema de bloqueio, a equipe da casa chegou a abrir 18×9 no set. Mantendo a grande vantagem, o Brasília administrou o placar e fechou o set em 25×15, em 22min, e abriu um set a zero no jogo.

No segundo set, o Brasília Vôlei começou a atuar tal qual terminou o primeiro: muito forte no bloqueio. Com isso, a equipe candanga abriu 5×2 no inicio do set. A equipe paulista prontamente reagiu e empatou em 5×5. Depois de uma boa passagem da levantadora Thaynã no saque, o Brasília abriu 16×9 na parcial. Assim como aconteceu no primeiro set, a equipe paulista se desestabilizou totalmente depois de ver o Brasília abrir uma larga vantagem no set e não conseguiu se recuperar. Assim, a equipe da casa administrou o placar para fechar o set em 25×20, em 25min, para abrir dois sets a zero no jogo.

Jogadoras do Brasília Vôlei comemoram primeira vitória na Superliga Feminina 2017/2018 - Foto: Fernando Godoy/Agência EB
Jogadoras do Brasília Vôlei comemoram primeira vitória na Superliga Feminina 2017/2018 – Foto: Fernando Godoy/Agência EB

No terceiro set, a história dos dois sets anteriores voltou a se repetir. A equipe paulista errava muito e o Brasília aproveitou dos erros para abrir uma boa vantagem em 6×3. A equipe local, por sua vez, relaxou e deixou as visitantes assumirem a dianteira no placar, abrindo 10×15. Apático em quadra na terceira parcial, o Brasília Vôlei sequer conseguiu ensaiar uma reação e viu o set ir embora. A equipe do SESI-SP administrou a vantagem para fechar o set em 25×21, em 27min, e seguiu vivo no jogo.

Já no quarto set, as duas equipes começaram trocando pontos sem ninguém desgarrar do placar. Com dois bloqueios, o Brasília conseguiu a vantagem mínima em 9×7. A equipe paulista não deixou o time da casa abrir distância e empatou a parcial em 11×11. Na reta final do set, o Sesi São Paulo fez 20×18 depois de um bom bloqueio de Nikolle. Contudo, o Brasília Vôlei empatou o set em 21×21 logo em seguida. A equipe da casa, com dois erros não forçados no ataque, viu o SESI abrir 23×21 e encaminhar a vitória no set por 25×21, em 26min, levando o jogo para o Tiebreak.

Brasília Vôlei precisou do tie-break para vencer o Sesi São Paulo pela Superliga Feminina - Foto: Fernando Godoy/Agência EB
Brasília Vôlei precisou do tie-break para vencer o Sesi São Paulo pela Superliga Feminina – Foto: Fernando Godoy/Agência EB

O último e decisivo set foi de um Brasília Vôlei aproveitando dos erros da equipe paulista para abrir 6×0 logo no inicio, provocando a ira do técnico paulista, obrigando-o a solicitar os dois tempos técnicos a que tem direito. Com o set controlado, o Brasília Vôlei não teve dificuldades para fechar o set em 15×11, em 15min, e venceu a partida por três sets a dois, confirmando o primeiro triunfo na Superliga Feminina.

O Brasília Vôlei volta à quadra no próximo sábado (28) contra o Bauru, às 18h30, no ginásio do SESI de Taguatinga Norte, em partida valida pela terceira rodada da Superliga Feminina, com transmissão da Esportes Brasília.

Fonte: esportesbrasilia
Author: Ana Paula Freire

Postado por: estadio

ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRICHA

O site estadionacionaldebrasilia.com.br é um portal independente que traz informações a população sobre o nosso estádio.

Informações sobre esportes em geral e eventos realizados no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Siga-me no Twitter

Facebook

ANUNCIANTE: